The Circle Game

And the seasons they go round and round 
And the painted ponies go up and down 
We’re captive on the carousel of time 
We can’t return we can only look 
Behind from where we came 
And go round and round and round 
In the circle game

Anúncios

Querem uma Luz Melhor que a do Sol!

DSC_0237 DSC_0245 DSC_0292 DSC_0294 DSC_0321 DSC_0329

AH! QUEREM uma luz melhor que
a do Sol!
Querem prados mais verdes do que estes!
Querem flores mais belas do que estas
que vejo!
A mim este Sol, estes prados, estas flores contentam-me.
Mas, se acaso me descontentam,
O que quero é um sol mais sol
que o Sol,
O que quero é prados mais prados
que estes prados,
O que quero é flores mais estas flores
que estas flores –
Tudo mais ideal do que é do mesmo modo e da mesma maneira!

Alberto Caeiro, in “Poemas Inconjuntos”

Pão de Banana

O fim-de-semana é a melhor altura para tentar refeições diferentes. Neste caso a sugestão é um pão de banana, que fica algures entre um bolo e o nosso pão tradicional. Adocicado pelos açúcares naturais da banana, maçã e mel, fica com um sabor mais leve que um bolo, mas com uma consistência mais húmida. As nozes e as sementes conferem um sabor e textura adicionais que tornam este pão ainda mais agradável.

DSC_0216

DSC_0220

Pão de Banana

Inspiração: Green Kitchen Stories

1 cháv farinha normal, 1 cháv farinha integral, 2 c. chá fermento em pó, 1 c. chá canela, 3 bananas maduras, 1 maçã ralada, 2 c. sopa mel, 1/2 cháv leite,  2 c. chá azeite, 100 g nozes picadas grosseiramente, algumas sementes de girassol.

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC e forrar uma forma rectangular com papel vegetal.
  • Misturar as farinhas, fermento e canela.
  • À parte, esmagar as bananas. Juntar a maçã, mel, leite, azeite e nozes. Combinar bem.
  • Incorporar a mistura de banana na de farinha. Transferir para a forma e polvilhar com as sementes de girassol.
  • Levar ao forno durante +/- 45 min. Remover, deixar arrefecer durante 10 min e, depois, desenformar.

Bom apetite!!

DSC_0221

Recomeça…

Recomeça…
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças…

Miguel Torga

DSC_0161

Dumplings de Caramelo

2015 já começou com toda a energia, a toda a velocidade e, também, com uns belos solarengos (mas frios) dias de Inverno. Para estes dias de frio, o melhor é mesmo aquecer a barriguinha e a alma com uma sobremesa quente, daquelas que podem ter um aspecto tosco, mas que nos conquistam com o seu sabor reconfortante.

DSC_0198

Dumplings de Caramelo

Inspiração: Donna Hay, Seasons

Molho de Caramelo: 190 g de açúcar, 450 mL de água

Dumplings: 210 g farinha, 30 g açúcar mascavado, 2 c. chá fermento em pó, 100 g manteiga, 90 mL leite, 2 c. chá canela

DSC_0188

  • Começar por preparar o molho de caramelo. Colocar o açúcar e a água numa caçarola em lume brando. Mexer ocasionalmente, deixar ferver e remover do calor. Reservar.
  • Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  • Formar um crumble com a farinha, açúcar, fermento e manteiga. Juntar gradualmente o leite até formar uma massa lisa.
  • Transferir para uma superfície enfarinhada e dividir em 5 partes iguais. Formar bolas.
  • Colocar os dumplings num tabuleiro de 1L e verter o molho de caramelo por cima. Assar durante 30 min.
  • Servir ainda quente, eventualmente, com uma bola de gelado de baunilha.

Bom apetite!!

DSC_0192