Tarte de Chocolate, Nozes e Pêra

O desafio que nos é colocado na Páscoa é o de sermos Felizes, mesmo com todos os altos e baixos que vão surgindo no nosso caminho. E que melhor forma existe de ser feliz do que com aqueles que nos são mais queridos em redor de uma mesa? E se no centro estiver uma tarte com um recheio fofo e agradável de chocolate, um toque húmido de pêras e um crocante de noz, ainda melhor.

DSCF3490

Tarte de Chocolate, Nozes e Pêra

Inspiração: Popina: Iguarias Saudáveis, Isidora Popovic

Base:

265 g farinha, 30 g cacau em pó, 110 g manteiga, 100 g açúcar amarelo, 1 ovo

  • Colocar a farinha, cacau, manteiga e açúcar num robot de cozinha e desfazer em migalhas.
  • Adicionar o ovo e misturar até ficar consistente.
  • Retirar a massa do robot e formar uma bola. Esticar numa superfície enfarinhada, até ter uma espessura de 3-4 mm.
  • Forrar uma tarteira com 27 cm de diâmetro, previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha. Reservar no frigorífico.

DSCF3491

Recheio:

55 g manteiga, 100 g açúcar amarelo, 1 ovo, 2 c. chá fermento, 100 g farinha, 100 g chocolate 70%, 100 g chocolate culinária, 200 mL natas, 50 g nozes grosseiramente picadas e tostadas, 1 pêra descascada e fatiada

  • Bater a manteiga com o açúcar até ficar uma mistura homogénea. Adicionar o fermento e o ovo e bater novamente. Incorporar a farinha cuidadosamente e reservar.
  • Colocar o chocolate numa taça. Colocar as natas numa caçarola e levar ao lume até fervilhar. Juntar ao chocolate e bater até obter um creme macio.
  • Envolver as nozes.
  • Envolver cuidadosamente a mistura inicial no creme de chocolate.
  • Deitar o creme sobre a base da tarte.
  • Dispor as fatias de pêra sobre o recheio e polvilhar com algumas nozes.
  • Levar a forno pré-aquecido a 180ºC durante 25-30 min.

Bom apetite!

DSCF3495

It’s tea time!

Não há nada como uma pausa acompanhada por um quadrado de bolo e uma chávena de chá quentinha a meio de uma tarde de estudo . O meu gosto por beber chá começou a crescer desde o ano passado, graças ao de funcho. Apesar deste não ser muito evidente no sabor final, dá-lhe o toque agradável e estes quadradinhos ficam mesmo deliciosos!

image-2_1

Bolo de frutos secos e funcho

Inspiração: Saberes e sabores, Dez 2009

1 saqueta de chá de funcho, 2 dL água, 100 g tâmaras descaroçadas, 100 g ameixas descaroçadas, 100 g alperces, 200 g farinha, 1 c. sopa fermento em pó, 125 g açúcar amarelo, 1 c. sopa sementes de funcho, 70 g manteiga derretida, 3 ovos, 100 g de nozes grosseiramente picadas

Pré-aquecer o forno a 160ºC e preparar uma forma rectângular.

Introduzir a saqueta de chá na água a ferver e deixar em infusão. Picar grosseiramente os frutos secos e introduzi-los na infusão.

Numa taça misturar a farinha, o fermento, o açúcar e as sementes de funcho. Juntar a manteiga derretida e a mistura de frutos secos. Bater bem até a mistura ficar homogénea. Juntar os ovos um a um, batendo entre cada adição. Envolver as nozes. Colocar na forma e levar ao forno durante cerca de 40 min. Deixar arrefecer antes de cortar aos quadradinhos.

Bom Apetite!

Tarte da Abóbora

Agora que as folhas finalmente pintam o chão de laranja, também a nossa cozinha se coloriu de laranja com uma deliciosa tarte de abóbora. As especiarias juntaram-se à festa e encheram a casa de um cheirinho doce e aconchegante, bem adequado para uma tarde calma em casa.

DSCF3107

Tarte de Abóbora

Base: 155g farinha, 2 c. sopa açúcar, 85 g noz moída, 60g manteiga

Colocar os ingredientes numa taça e esfregar a manteiga na farinha até ficar uma mistura esfarelada. Juntar 2-3 c. sopa de água e amassar (caso necessário, ajustar a quantidade de farinha ou água). Formar uma bola, envolver em pelicula aderente e levar ao frigorífico durante 30 min.

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

Estender a massa numa forma previamente preparada. Cobrir com papel vegetal e feijões. Assar durante 10 min, retirar o papel e os feijões, assar mais 5 min. Deixar arrefecer completamente.

Recheio: 2 ovos levemente batidos, 100 g açúcar branco, 3 c. sopa mel, 500 g abóbora cozida e esmagada, 80 mL natas, 1 c. chá canela, 1/2 c. cha noz moscada, 1/2 c. chá gengibre em pó, 50 g noz picada.

Bater os ovos com o açúcar e o mel. Juntar a abóbora, as natas e especiarias e misturar bem. Colocar sobre a base e assar durante cerca de 45 min.

Bom Apetite!

DSCF3104

Marmitando

Marmitar já é algo que faço há uns bons anos. Quando entrei para a faculdade rapidamente me fartei da comida da cantina. Apercebi-me que podia comer melhor e sem gastar tanto dinheiro se no dia anterior preparasse qualquer coisa simples para o almoço. Desde aí, as vezes que não levei comida de casa contam-se pelos dedos de uma mão. Por isso, quando me cruzei com este passatempo de “A Marmita Lisboeta”, fiquei logo cheia de vontade de participar, até porque já ando a namorar este livro da Donna Hay há algum tempo….

Para levar na marmita gosto de coisas mais secas, sem molhos, que não precisem necessariamente de ser aquecidas e que sejam levezinhas. Este cuscuz assado com tomate recheado é perfeito para isso, até porque o tempo activo de confecção é muito reduzido.

DSCF2886

Cuscuz assado com Tomate Recheado

Inspiração: Dias Com Mafalda

Tempo de confecção: activo 5 min, total 30 min

-4 tomates maduros

-Orégãos

-Azeite, sal e pimenta

-Pesto

-1 lata de atum

-1 cháv cuscuz

-1 cháv água

Pré-aquecer o forno a 200ºC. Retirar o pé de cada tomate e colocar num tabuleiro de ir ao forno. Temperar com azeite, sal e os orégãos. Assar durante 20 min.

Retirar do forno e dividir o atum pelos 4 tomates e cobrir cada 1 com 1 c. chá de pesto. Distribuir o cuscuz pelo tabuleiro, regar com a água e temperar com sal, pimenta e orégãos. Tapar com papel vegetal e levar ao forno por mais 10 min.

Bom apetite e bom trabalho!!

DSCF2881

Bolo Húmido com Ingredientes Secretos

Este foi ano da courgette no nosso quintal e são autênticos exemplares dignos do livro do Guiness. Por isso, para além de entrar em sopas, ratattouilles, aperitivos da avó e invenções estranhas do meu pai, ainda sobra para as minhas próprias invenções. Já tinha aparecido uma por aqui há umas semaninhas atrás. Desta vez, eu e a minha irmã mais nova fomos até mais longe e inventámos ainda mais. Deixámo-nos guiar pelo olfacto e paladar, os nossos melhores amigos na cozinha, e o produto final ficou até bastante interessante: muito húmido, com um toque de caramelo, umas pequenas surpresas de chocolate derretido e um leve aroma a limão. Ninguém conseguiu adivinhar os principais ingredientes, mas ficou aprovado!

DSCF2787

Bolo muuuuito húmido

1 3/4 chávena farinha

1/2 chávena cacau em pó

2 c. chá fermento em pó

1/4 chávena de azeite

1 1/2 chávena açúcar mascavado

2 c. chá de baunilha

1 c. sopa sumo de limão

1 3/4 chávena de courgette ralada (espremer bem)

1/2 chávena cenoura ralada

1 mão cheia de “chocolate chips”

Topping: 1 chávena açúcar, 2 c. sopa farinha, 1 1/2 c. chá canela, 2 c. sopa de manteiga

Pré-aquecer o forno a 180ºC e forrar uma forma redonda com papel vegetal.

Numa taça misturar a farinha, cacau e fermento. Noutra taça maior misturar o açúcar com o azeite, baunilha e sumo de limão. De seguida adicionar a courgette e a cenoura e envolver bem. Juntar a mistura de farinha à de cenoura e courgette.

Preparar o topping misturando os igredientes até ter consistência de crumble.

Colocar metade da massa na forma e, depois, cobrir com metade do toppig. Repetir com a restante massa e topping. Levar ao forno durante cerca de 50 min (vai estar ainda um pouco húmido/ liquido, mas ao arrefecer fica mais caramelizado). Desenformar quando já estiver arrefecido. Cobrir com a cobertura de iogurte e algumas nozes tostadas.

Cobertura de Iogurte e Limão

Misturar 1 Iogurte natural com raspa de 1 limão e 1 c. sopa de açúcar. Levar ao frigorífico durante meia-hora.

DSCF2798

Couve-Flor Assada

A couve-flor simplesmente cozida pode-se tornar pouco interessante. No entanto, é um vegetal rico em cálcio e fósforo e com um baixo teor de gorduras, sódio e calorias. Ao vesti-la com esta capa de pão ralado aromatizado com o limão e alho fica logo mais apelativa e bastante saborosa. Uma forma diferente de preparar legumes.

DSCF2726

Couve-Flor Assada

1/2 couve-flor

Azeite

3 dentes de alho, fatiados

2 c. sopa sumo de limão

8 c. sopa de pão ralado

1 c. sopa de ervas da provença

Sal e pimenta

Pré-aquecer o forno a 180ºC. Cozer a couve-flor em água a ferver durante 5 min e, depois, drenar a água. Saltear ligeiramente o alho num fio de azeite. Remover do calor e juntar as ervas e o pão ralado. Misturar bem. Acrescentar o sumo de limão e temperar com sal e pimenta. Envolver a couve-flor na mistura. Colocar num recipiente de ir ao forno e polvilhar com queijo ralado. Assar durante 15 min.

Bom Apetite!!

DSCF2724

Bolo de Courgette

captured_by_snapseed_2

No quintal do meu pai este é o ano da courgette!! O nosso frigorífico está cheio delas e cada exemplar tem uma dimensão bastante considerável. Por isso, é preciso arranjar forma de escoar este legume. A courgette dá ao bolo alguma humidade e reduz a quantidade de manteiga necessária. Gostei bastante do resultado final, mas da próxima vez também vou incluir uma mão cheia de nozes para dar um toque crocante.

Bolo de Courgette

Bolo de Courgette
3/4 chávena de açúcar
1 ovo batido
1 c. chá baunilha
1 1/2 chávena de courgette ralada e coada
3 c. sopa de manteiga derretida
1 1/2 chávena de farinha
1 c. chá de fermento
1 pitada de sal
1 c. chá de canela
1/2 c. chá de noz moscada
1/4 chávena de arandos
1/4 chávena de sultanas

Pré-aquecer o forno a 175ºC e preparar uma forma. Misturar o açúcar com o ovo e a baunilha. Juntar a courgette. Adicionar a manteiga derretida. Misturar a farinha com o fermento e o sal e, depois, juntar à mistura inicial. Adicionar a canela e a noz moscada. Juntar os arandos e as sultanas (e 1/2 chávena de nozes grosseiramente picadas). Levar ao forno durante cerca de 50 min. Deixar arrefecer 10 min antes de desenformar.
Bon Appétit

Frango Colorido

A minha irmã mais velha sempre que cozinha diz que o que é fundamental é conseguir conjugar o maior número de cores possíveis no prato. E eu concordo absolutamente! Não há nada melhor do que olhar para ele e ter um pequeno arco-íris que nos abre logo o apetite. Pode até não ser grande coisa, mas pelo menos no início os olhos ficam bem entretidos. O frango é óptimo para estas misturas de cores. Combina com tudo, o que é preciso é dar largas à imaginação.

IMGP0010

Frango Colorido

Refogar 1/2 cebola e um alho finamente fatiados num fio de azeite. Quando a cebola estiver translúcida, juntar o frango aos cubos. Temperar com sal e pimenta e envolver bem na cebola. Juntar algumas fatias de pimentos e 1 tomate aos cubos. Juntar 1/2 dúzia de azeitonas e 1 colher de sopa de basílico. Deixar cozinhar, mexendo ocasionalmente.

Bon Appétit!!

Gemelli com Courgette, Tomate e Camarões

Quando se tem pouco espaço, o ideal é também fazer coisas simples. O mínimo de loiça, o mínimo de passos e rapidez máxima. Sempre com o turbo ligado! Aliás, como o próprio Jamie Oliver comprova, é possível fazer uma bela refeição em menos de 15 minutos.

IMGP0004

Gemelli com Courgette, Tomate e Camarões

Cozer 1 mão cheia de gemelli, de acordo com as instruções da embalagem. Saltear 1/2 cebola com 1/2 courgette. Temperar com sal e pimenta. Deixar lourar. Juntar 1 c. de sopa de basílico e 1 mão cheia de camarão congelado (foi dos pequeninos). Envolver bem e deixar cozinhar. Juntar 1/2 tomate aos cubinhos e saltear ligeiramente. Juntar a massa e envolver bem.

Bon Appétit!