Dim Sum de Porco

O Jamie Oliver foi o primeiro cozinheiro (fora da minha família) que me atraiu para a arte de cozinhar. Devia ter uns 12 anos quando dava o “The Naked Chef” na RTP2 e, não sei se era pelo acento britânico ou pelo estilo descontraído, mas ficava simplesmente fascinada com ele. É interessante ver a evolução que foi havendo ao longo dos livros, com receitas sempre super originais, atraentes e simples. Estes dim sum não fogem à regra. Têm um factor “uau” inegável, são imensamente simples e rápidos de fazer, o sabor é enriquecido com o crocante das sementes torradas. Perfeitos!! Uma ideia sem dúvida brilhante para aproveitar de forma original sobras. É caso para dizer: “Bravo Jamie!!”

DSCF3335_2

Dim Sum de Porco

Inspiração: Poupe com Jamie

Ingredientes: 250 g farinha com fermento, 2 dL leite, 150 g sobras de carne de porco desfiada, 2 c. sopa de sementes de sésamo ligeiramente torradas

Misturar a farinha, leite e uma pitada de sal até obter uma massa bem ligada (caso necessário, juntar um pouco mais de farinha). Colocar a massa numa superfície enfarinhada, enrolar para formar um rolo. Cortar em 8 pedaços, fazer bolinhas e espalmar até obter um círculo com cerca de 0,5 cm de espessura. Colocar mais/menos 1 c. sopa no centro de cada círculo, dobrar as extremidades e puxar de forma a cobrir o recheio, unir e pressionar para fechar. Colocar virados ao contrário em formas duplas para queques dentro de um cesto para cozer a vapor. Cozer a vapor tapados durante 12 min e depois salpicar com as sementes de sésamo.

DSCF3331

Optámos por servir os nossos dim sum com uma mistura de legumes chineses temperada com vinagre balsâmico e com ananás caramelisado com cebola. Ficou delicioso.

Bom apetite!

DSCF3334

Anúncios

Uma espécie de Frittata

As frittatas são excelentes para reaproveitar sobras. Desta vez havia uma dourada assada do jantar de 2ª feira que tinha que ser utilizada, por isso, foi ela a estrela principal. Juntaram-se ainda à festa ervilhas, cenouras e queijo dos açores.  Como não temos nesta casa frigideira, acabou por não ser frita no início, assemelhando-se mais a uma tarte sem a massa. Como o queijo é bastante forte acabou por apagar o sabor do peixe, mas mesmo assim ficou saboroso.

DSCF2684

Frittata

1 dourada assada, desfiada

1 cebola às rodelas

1 dente de alho fatiado

400 g de mistura de ervilhas e cenouras congeladas

4 ovos

1 copo de leite

3 c. sopa de pão ralado

2 c. sopa de queijo da ilha ralado (mais um pouco para polvilhar)

Sal, pimenta, ervas aromáticas a gosto (usei uma mistura de ervas da provença)

Pré-aquecer o forno a 180ºC e preparar uma forma de ir ao forno com azeite e farinha. Refogar a cebola e o alho num fio de azeite. Juntar o peixe desfiado e envolver. Juntar a mistura de ervilhas e cenoura. Deixar durante uns minutinhos e, depois retirar do lume. Numa taça bater os ovos e o leite. Adicionar o pão ralado e o queijo da ilha. Temperar com sal, pimenta e ervas. Colocar a mistura de peixe e legumes na forma e, de seguida, verter o líquido por cima. Polvilhar com queijo ralado e levar ao forno durante cerca de 30 min. Serve 4 pessoas.

Bom apetite!

DSCF2686

P.S.: Outras sugestões para reaproveitar sobras

Arancini

Esta é uma óptima forma de dar uma nova cara às sobras de risotto e, ainda por cima, prepara-se muito rapidamente.

captured_by_snapseed_6_1

Arancini (cerca de 12 bolinhas)
1 chávena de risotto
5 c. sopa de farinha
4 c. sopa de queijo ralado
1 ovo batido
pão ralado

Misturar o risotto com o ovo, farinha e queijo. Fazer pequenas bolinhas e passar pelo pão ralado. Fritar até ficar dourado. Servir com uma salada de alface.
Bon Appétit!!