Sugestão de fim-de-semana pela Mariana

Na passada 5ª eu e uma amiga de longa data decidimos dar 2 dedos de conversa, que acabaram por se estender em 4 dedos sem darmos por isso.

Encontrámo-nos no Rato e dirigimo-nos prontamente ao local pretendido, a casa de chá de Santa Isabel (Vicentinas), uma pequena pérola no coração de Lisboa. Rodeado por casas sujas e jarretas o salão de chá pode passar despercebido, não fosse a presença de uma janela que dá para vislumbrar um mundo paralelo ao da rua de São Bento.

Ao abrirmos as portas deixamos a Terra e entramos em território encantado: as paredes azuis clarinhas adornadas com molduras de Santos, as mesas protegidas por toalhas rosa, as cadeiras concebidas pelo Geppetto, uma lareira onde a Cinderela se aquece nos dias longos de Inverno e bolos, feitos pela Branca de Neve, expostos numa mesa de pedra. Acreditaria se me tivessem dito que tinha novamente 8 anos e estava a sonhar.

Escolhemos então um cantinho e estivemos numa de tête-à-tête, sem sermos perturbadas, enquanto eu bebericava o meu chá de piña colada (que, embora cheirasse muito bem, era muito amargo – nunca confiem em mim na escolha de chás! Nunca!) e ela sumo de groselha (doce e saboroso). Pedimos, em seguida, os famosos scones com doce de limão (opção da Sy), doce de framboesa (a minha) e manteiga, e pouco tempo depois chegaram 4 pãezinhos quentes e bem cheirosos! Devo dizer que as Vicentinas descobriram a receita para se chegar ao Céu! Os scones macios são elevados à santidade pelos acompanhamentos, nomeadamente pelo doce de limão, que meu Deus ainda agora me faz salivar. E a framboesa com a manteiga é igualmente uma combinação celestial.

Para além de serem extremamente saborosos e baratos, todos os lucros obtidos revertem para as obras sociais da paróquia de Santa Isabel. Assim, por todas as razões já previamente mencionadas dou 5 estrelas à casa de chá e de certeza que no futuro irei repetir a visita.

(Também é importante mencionar que ainda não é nenhum oásis de hippsters e wannabes!)

Casa de Chá de Sta Isabel (Vicentinas)

Junto ao Largo do Rato (Rua de São Bento 700, 1250-223 Lisboa)
Seg – Sex11:30 – 19:00
Telefone: 213887040
Anúncios

Scones

Agora que nos começamos a habituar à vida de Outono, é altura de voltar aos chás e ao cheiro de coisinhas boas a sair do forno. De tempos a tempos sabe bem ter uma pequena surpresa para o lanche. Nestas ocasiões o melhor é optar por algo simples e rápido, até porque a correria da semana arrasta-se para o fim-de-semana e a economia de tempo também se impõe na cozinha.

DSCF2847

Scones

Fonte de Inspiração: Dias com Mafalda

3 1/2 cháv farinha sem fermento

3 c. chá fermento em pó

1 c. chá sal

1 cháv buttermilk (leite + 1 c. sopa sumo limão)

1 ovo

2 c. sopa açúcar (mais extra para polvilhar)

75 g manteiga derretida (mais extra para pincelar)

P9ré-aquecer o forno a 200ºC e forrar um tabuleiro com papel vegetal.

Misturar numa taça a farinha, fermento e sal. Noutra misturar o ovo, buttermilk e açúcar.

Juntar 2/3 da farinha na mistura de buttermilk. Aos poucos adicionar a manteiga. Juntar a restante farinha e amassar bem.

Estender a massa (cerca 2 cm altura) com um rolo numa superfície enfarinhada. Cortar círculos com um cortador de bolachas (faz 18). Pincelar com manteiga derretida e polvilhar com açúcar. Levar ao forno 15-20 min.

DSCF2830

Variações:

A) Incorporar na massa 30 g de nozes grosseiramente picadas, 60 g figos secos cortados e 1 colher de sopa de canela

B) Incorporar na massa 75 g de chocolate preto grosseiramente picado e 50 g de arandos secos

DSCF2837