Tarte de Figos e Mel

Setembro chegou e, com ele, os dias mais curtos, as noites mais frias, os tons alaranjados da folhagem, as colheitas de maçãs, figos, mel e uvas. Setembro é o mês do novo ano escolar, ano esse que já não rege o meu calendário. No entanto, tal como nos anos em que tal acontecia, sinto que é um mês que convida à introspecção. Talvez por se aproximar a altura de tomar grandes decisões sobre o meu futuro, a minha calma natural é inundada por um turbilhão de ideias e emoções, o mesmo carrossel que me invadia nos inícios dos anos lectivos. Infelizmente parece que a idade e o tempo não trazem consigo certezas absolutas, aliás apenas aumentam a minha dificuldade de decisão ao me mostrarem que o meu caminho para ser feliz pode ser por estradas bem diferentes umas das outras. Isto de tomar decisões sobre a vida é um processo por vezes demasiado egocêntrico para mim: O que quero? O que é melhor para mim? O que é mais importante para mim? Como quero o meu futuro? Enfim… anseio pelo dia em que possa olhar para trás e rir-me da minha capacidade de indecisão e de fragmentar um problema em milhões deles.

“Só quem nunca pensou chegou alguma vez a uma conclusão. Pensar é hesitar. Os homens de acção nunca pensam.” (Fernando Pessoa)

13092015-DSC_0580

Tarte de Figos e Mel

Pâtisserie Magique

Base: 200g bolacha triturada, 80g manteiga derretida

Recheio: 3 gemas, 3 claras em castelo, 50g açúcar em pó, 70g mel, 250g queijo tipo Philadelphia magro, 70g farinha, 1 c. chá canela em pó, 200g figos frescos.

  • Pré-aquecer o forno a 150ºC. Preparar uma forma de 22cm de diâmetro.
  • Preparar a base: Misturar bem os ingredientes até formar uma massa. Pressionar na forma. Levar ao forno durante cerca de 10min, até dourar.
  • Bater as gemas. Juntar progressivamente o açúcar, mel, queijo, farinha e canela.
  • Incorporar as claras em castelo.
  • Dispor os figos cortados em quartos na base e verter o recheio sobre a base.
  • Levar ao forno durante cerca de 60min.
  • Deixar arrefecer, desenformar, glacear com um fio de mel e polvilhar com canela.

Bom apetite!!

13092015-DSC_0565

Anúncios

Pfirsichkuchen

As aparências iludem. Apesar do ar despretensioso deste bolo, por baixo de uma camada rústica de crumble esconde-se um recheio suave e delicado de cheesecake e pêssegos. A base de bolo também prima pela modéstia. Mas a verdade é que toda esta variedade resulta numa combinação vencedora. DSC_0750 DSC_0760

Pfirsichkuchen

Massa: 175 mL leite morno, 350g farinha, 2 c. chá levedura, 40g açúcar, 1 ovo, raspa 1/2 limão, 50g manteiga

Recheio: 2 ovos, 50g açúcar, 500g quark/ queijo philadelphia, 2 c. sopa maisena, ±800g pêssegos (em quartos)

Streusel: 200g farinha, 100g açúcar, 100g manteiga

  • Colocar a farinha numa taça e fazer um buraco no meio. Colocar a levedura no centro, juntamente com metade do açúcar. Verter 50mL de leite e ir misturando. Cobrir e deixar repousar 10 min num local quente.
  • Juntar o ovo, restante açúcar, casca de limão e manteiga. Amassar, juntando o restante leite até ficar uma massa lisa e elástica. Tapar e deixar repousar mais 30 min.
  • Preparar o recheio: Misturar os ovos com o açúcar. Incorporar o quark e a maisena. Bater bem até ficar uma massa fofa e suave.
  • Preparar o streusel: Colocar a manteiga, farinha e açúcar numa tigela. Esfregar entre os dedos até formar pequenas migalhas.
  • Pré-aquecer o forno a 180ºC. Preparar uma forma de 30x40cm.
  • Distribuir a massa na forma. Espalhar o creme por cima e distribuir os quartos de pêssegos em fila. Polvilhar com o streusel.
  • Levar ao forno durante 35-40min. Desligar e deixar repousar no forno durante mais 10 min. Arrefecer antes de desenformar.
  • Polvilhar com açúcar em pó.

Bom apetite!!

DSC_0775 DSC_0781

Queques de Morango e Côco

Penso que os queques devem ter sido a minha primeira paixão na cozinha. Durante algum tempo guardei inúmeras receitas, experimentei algumas, salivei por outras. No entanto, como em tudo, aquilo que é excessivo começa a enjoar e facilmente passa para o esquecimento. E foi mesmo isso que aconteceu com os queques. Voltaram agora através do novo (e fantástico) livro da Donna Hay e do desejo de preparar algo rápido e saboroso para um lanche de fim-de-semana. Digamos que foi, sem dúvida, um bom regresso. Garanto que não vou entrar novamente na mesma loucura de me focar apenas nestes pequenos bolinhos, agora aquilo que mais me dá prazer na cozinha é mesmo a diversidade.

DSC_0340

Queques de Morango e Côco

Inspiração: Donna Hay, The New Classics

Ingredientes: 300g farinha peneirada, 2 c. chá fermento em pó, 165g açúcar, 1 chávena iogurte, 2 ovos, raspa de 1 limão, 1 c. chá extracto de baunilha, 80mL óleo, 150g morangos em cubos, 50g côco ralado

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar um tabuleiro para 12 queques com papel vegetal.
  • Bater a farinha com o fermento e o açúcar.
  • À parte misturar o iogurte, ovos, raspa de limão, baunilha e óleo.
  • Juntar a mistura de iogurte à de farinha e combinar.
  • Incorporar os morangos e o côco.
  • Dividir a massa pelas 12 formas . Polvilhar com mais algum côco.
  • Levar ao forno durante cerca de 20min.

Bom apetite!!

DSC_0339

O pecado mora aqui

Certamente que durante os 365 dias que recheiam o ano há um particularmente especial. Um dia que mereça que dietas, cuidados alimentares especiais e outras restrições sejam postos lado. Talvez até não seja só um dia, mas sim uma mão cheia deles que mereçam que celebremos a vida sem imposições ou restrições, que a celebremos por completo e que a saboreemos com todas as delícias que dão cor ao nosso dia-a-dia. Esta receita é para um destes dias, nos quais pensar em calorias, gorduras, hidrato de carbono ou outros afins está fora da equação. Aqui a principal variável são as pessoas que nos vão acompanhando e, para as celebrarmos, aquilo que mais importa é mesmo o fazer-se presente.

DSC_0062

Cheesecake de Lima com Molho de Morangos

Inspiração: Cheesecake Derretido do Jamie Oliver, Receitas que nos Fazem Felizes

Base: 100g manteiga, 350g bolachas de aveia trituradas

Recheio: 2 vagens de baunilha, 100g açúcar, 3 c. sopa maizena, raspa 2 limas, 3 c. sopa sumo lima, 900g queijo creme light, 100g natas, 2 ovos

Molho de morangos: 250g morangos, 50g açúcar, 3 c. sopa sumo lima, 1 c. chá vinagre balsâmico

DSC_0065

  1. Pré-aquecer o forno a 170ºC e forrar com papel vegetal uma forma de 23cm de diâmetro.
  2. Derreter a manteiga. Incorporar as bolachas na manteiga. Colocar na forma e pressionar bem contra o fundo. Levar ao forno durante 10min. Retirar e deixar arrefecer.
  3. Cortar as vagens de baunilha em comprimento, raspar as sementes e colocar numa taça com o açúcar, maizena, raspa e sumo de lima, queio creme e natas. Bater até estar cremoso.
  4. Adicionar os ovos um-a-um, batendo bem entre as adições. Deitar sobre a base de bolacha, alisar e levar ao forno durante 30-40min. Deixar arrefecer e, depois, colocar no frigorífico durante pelo menos 4h.
  5. Preparar o molho, rediuzindo a puré os morangos com o açúcar, sumo de lima e vinagre balsâmico. Passar por um coador, para remover as grainhas.
  6. Regar o cheesecake (frio) com o molho de morangos e decorar com frutos vermelhos.

Bom apetite!!

DSC_0063

DSC_0079

Bolo de Limão e Côco

 

O últimos dias solarengos despertaram em mim o desejo de destinos mais longínquos. E, quando este wanderlust aperta, uma das formas de não entrar no ciclo vicioso do suspiranço é alimentar a cabecinha de sabores mais exóticos. Bem sei que o limão não é dos sabores mais incomuns, mas a verdade é que junto com o côco transporta-me praias paradisíacas, águas transparentes e quentes, noites estreladas e silenciosas. Nos dias em que a cabeça está demasiado cansada para me teletransporta, este bolo fresco, fofo e húmido também serve bem para o propósito.
DSC_0476

DSC_0481

Bolo de Limão e Côco

Para ouvir: Kings of Convenience – Cayman Islands

Inspiração: Confeitaria Hummingbird – Receitas de Sonho

Bolo: 70g manteiga, 245g açúcar em pó, raspa de 1 1/2 limão, 50g côco, 155 mL leite, 235g farinha, 2 c. chá fermento em pó, 3 claras de ovo

Xarope de limão: raspa e sumo de 1 limão, 50g açúcar em pó

Glacé de limão e côco: sumo de 1/2 limão, 125g açúcar em pó

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC e forrar uma forma de bolo inglês com papel vegetal.
  • Bater a manteiga com açúcar, raspa de limão e côco até ficar bem ligado.
  • Juntar gradualmente o leite e bater até ficar bem incorporado. Adicionar a farinha peneirada.
  • À parte bater as claras em castelo. Incorporar as claras na mistura anterior, não batendo em demasia.
  • Verter na forma e levar ao forno durante 30-40min.
  • Xarope: Juntar o sumo e raspa de limão, açúcar e 100 mL de água numa caçarola e deixar levantar fervura. Ferver até ficar reduzido a metade ou ficar com consistência fina.
  • Após retirar o bolo do forno, picar com um palito e deitar o xarope sobre a parte de cima. Deixar arrefecer antes de desenformar.
  • Glacé: Misturar o sumo, açúcar e côco até ficar macio. Juntar mais água/ mais açúcar para diluir ou engrossar, conforme necessário.
  • Quando o bolo estiver frio, deitar o glacé por cima.

Bom apetite!!

DSC_0490

DSC_0495

Bolo para o Café

Caramelo, café e fim-de-semana. Parece-me impossível não gostar desta combinação! O inebriamento começa logo durante a cozedura, quando o caramelo se começa a espalhar por todas as divisões da casa. Felizmente não é necessário muito tempo no forno e, portanto, a tortura olfactiva é de curta duração e, rapidamente, podemos experimentar com todos os sentidos a maravilha que são estes quadradinhos. Um excelente extra para uma tarde caseira de domingo.DSC_0399 DSC_0409

Streuselkuchen

Streusel: 90g manteiga (em cubos), 150g farinha, 1/2 c. chá fermento, 100g açúcar amarelo

Caramelo: 100g açúcar, 1/2 c. chá café instantâneo

Massa do bolo: 100g manteiga, 225g açúcar amarelo, 4 ovos, 225g farinha, 1/2 c. chá fermento, 50mL café espresso frio, 1 c. chá café instantâneo, 2 c. sopa café de cevada

DSC_0382

  • Pré-aquecer o forno a 180ºC. Forrar um tabuleiro fundo (30×35 cm) com papel vegetal. Forrar um segundo tabuleiro com papel vegetal.
  • Caramelo: colocar o açúcar num pequeno tacho, polvilhar com água e levar a lume forte. Agitar suavemente, mas não mexer. Quando ficar dourado, polvilhar com o café e, depois, verter no segundo tabuleiro. Deixar arrefecer e endurecer.
  • Streusel: Colocar a manteiga, farinha, fermento e açúcar numa tigela. Esfregar entre os dedos até formar pequenas migalhas. Guardar no frigorífico.
  • Bolo: Bater a manteiga com açúcar até obter uma massa esbranquiçada. Juntar os ovos, um a um. Incorporar a farinha e o fermento. Adicionar o espresso, café instantâneo e café de cevada.
  • Colocar a massa do bolo no tabuleiro e espalhar uniformemente.
  • Esmagar o caramelo e misturar com o streusel. Polvilhar metade sobre a massa do bolo.
  • Formar torrões com o restante streusel e espalhar, também, sobre a massa.
  • Levar ao forno durante 20-30 min. Deixar arrefecer durante 10 min antes de desenformar e cortar em fatias.

Bom apetite!!

DSC_0411

Petit Gateau

Gosto do chocolate amargo, daquele que tem mais de 70% de cacau, fazendo-nos esquecer que é doce. O seu sabor menos adocicado desperta a minha atenção para outras subtilezas desta iguaria: o aroma intenso do cacau, o cremoso e suave quando se começa a derreter numa mousse e o sabor a chocolate puro, sem distrações. Tal como o chocolate, nem tudo na nossa vida precisa ser incrivelmente doce para ser saboreado, somos presenteados com momentos de gradação variável, mas cada um com a sua importância devida na construção da nossa história.

DSC_0360

Petit Gateau

Adaptado de Olivia’s Cuisine

250 g chocolate negro (70%), 4 ovos, 4 c. sopa açúcar, 4 c. sopa farinha, 2 c. sopa manteiga

  • Pré-aquecer o forno a 250ºC e preparar 5 ramequins com manteiga e farinha.
  • Bater os ovos. Juntar o açúcar e a farinha e incorporar bem. Reservar.
  • Derreter o chocolate em banho-maria. Remover do calor, adicionar a manteiga e bater até esta derreter.
  • Incorporar a mistura de ovos/farinha/açúcar na de chocolate e bater bem.
  • Dividir a massa pelos ramequins até os 2/3 de altura.
  • Levar ao forno durante 5-7 min. Remover do calor e deixar arrefecer durante uns minutos.
  • Cuidadosamente virar os bolos para os pratos de servir. Juntar uma bola de gelado de baunilha.

Bom apetite!!