Couscous com Courgette

Couscous com Courgette

Há combinações simples com pequenos pormenores que alteram tudo. Para mim as ervas aromáticas e as especiarias são os melhores amigos de todos aqueles que se aventuram no mundo das panelas e dos tachos. Põem as papilas gustativas a saltitar só pelos aromas que vão libertando à medida que as reacções químicas se vão processando. E no momento de levar o garfo à boca, sou levada a saborear tudo mais lentamente, para poder usufruir de toda a riqueza que ali fica contida.

Esta é uma receita mesmo muito simples e creio que também saudável, mas que deixa a barriguinha muito satisfeita!
Comecem por preparar os couscous. Levar a ferver a água com uma pitada de sal, retirar do lume e juntar os couscous (quantidade couscous=quantidade de água).
Numa pequena frigideira levar ao lume meia cebola fatiada às rodelas, com a courgette aos quartos, alguns cogumelos com um fio de azeite. Deixar a courgette ganhar um pouco de cor e a cebola ficar mais para o transparente, juntar uma pitada de pimenta e ervas aromáticas. Eu uso uma mistura de ervas italianas congelada que tem basílico, salsa e cebolinha. Juntar os couscous e envolver.
Bon appetit!

Anúncios

Domingo, 21 de Abril de 2013

IMGP0003 DSCI1074
 À procura do meu Magis
“Uns, com os olhos postos no passado,

Vêem o que não vêem: outros, fitos
Os mesmos olhos no futuro, vêem
O que não pode ver-se.

Por que tão longe ir pôr o que está perto —
A segurança nossa? Este é o dia,
Esta é a hora, este o momento, isto
É quem somos, e é tudo.

Perene flui a interminável hora
Que nos confessa nulos. No mesmo hausto
Em que vivemos, morreremos. Colhe
O dia, porque és ele.”

Ricardo Reis, in “Odes”

As possibilidades são infinitas quando decides actuar.

Portanto, mantém os olhos abertos.

 

 Banda Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=CNUpu8hUnyk  Banda Sonora: http://www.youtube.com/watch?v=sShXojmbjyo