Tabbouleh

Ultimamente tenho tido bastante vontade de experimentar novos sabores da cozinha do médio oriente. Penso que é, sobretudo, por serem pratos bastante apelativos em termos de cores e, também, bastante perfumados. No entanto, falta-me alguma experiência gastronómica para me aventurar mais neste domínio. A verdade é que se torna um pouco difícil tentar re-interpretar um prato sem antes o ter experimentado no local de origem.

O Tabbouleh é bastante refrescante, não só por ser servido frio, mas também pelo toque do limão, mesmo bom agora para estes dias quentes. Neste caso serviu de acompanhamento para umas espetadas feitas no forno e aromatizadas com um molho de iogurte, inspirado numa receita da Donna Hay.

 DSCF2305

Tabbouleh (inspiração: Saveur)

6 c. sopa de bulgur

½ cebola

Sal, Pimenta, Pimentão doce, Coentros moídos

450 g de tomate cortado em cubinhos

1 pimento picado

3 chávenas de salsa picada

½ chávena de hortelã picada

7 c. sopa de azeite

5 c. sopa de sumo de limão

Colocar o bulgur numa taça e cobrir com 1 chávena de água quente. Deixar repousar durante cerca de 10 min. Temperar com as especiarias e mexer com um garfo.

Cortar a cebola numa taça, picar finamente e temperar. Numa taça combinar o bulgur, cebola, tomate, pimento, salsa e hortelã. Temperar com o azeite e o limão. Servir fresco.

Bon Appétit!

Anúncios

Tofu com Pimentos e Bulgur

Tofu com Pimentos e Bulgur

Uma das grandes chatices de se morar sozinho é que não há grande espaço para variar naquilo que se cozinha. É mais difícil gerir as quantidades e facilmente acabo por ter refeições para duas ou três vezes. Para além disso, é muito mais fácil os prazos de validade se aproximarem rapidamente do fim. Foi isso que aconteceu com o tofu, daí aparecer tão rapidamente uma nova receita com este protagonista.

Tofu com Pimentos e Bulgur
-200 g de Tofu (em cubos)
-1/2 cebola, cortada às fatias
-1 mão cheia de mistura de pimentos (usei congelados)
-1 c. chá de mel
-Sal e pimenta
-1 c. chá harissa
-Bulgur

Começar por preparar o bulgur: levar num tacho ao lume com o dobro em água, até a água evaporar e o bulgur estar cozido
Fazer um refogado com a cebola e, quando esta estiver translúcida, juntar os pimentos e o mel. Deixar durante alguns minutos e, depois adicionar o tofu. Temperar com o sal, pimenta e harissa. Deixar cozinhar mais cerca de 5 min.

Bon Appetit!!

Ai coentros, coentros

Adoro o sabor que os coentros dão à comida!! Desta vez trouxe de Portugal comigo um raminho, para me lembrar dos sabores de casa. Nesta receita com bulgur, o seu sabor muda tudo. Estou sem dúvida seriamente apaixonada. No entanto, esta é uma relação que se vai auto-consumindo. Resta-me aproveitá-la bem enquanto por aqui a chama ainda arder.

IMGP0001

Bulgur Colorido

Ingredientes:

-1/2 copo de bulgur

-1 copo de mistura de legumes congelados: cenoura, milho, ervilhas

-1/2 cebola, fatiada em rodelas

-Courgette (usei um bocadinho com 3 cm de comprimento 😀 )

-Chouriço (usei um bocadinho com 3 cm de comprimento 😀 ), cortado em metades

-1/2 copo de cogumelos congelados

-Coentros

Preparação

Levar ao lume a cebola com os legumes, os cogumelos e um fio de azeite. Deixar amolecer ligeiramente a cebola e os legumes e cogumelos libertarem um pouco de sumo. Juntar a courgette e o chouriço e permitir o alegre intercâmbio de sabores entre todos os habitantes do tachinho. Adicionar o bulgur e envolver bem. Juntar um copo de água. Temperar com sal e pimenta. Mexer ocasionalmente. Após desligar o lume adicionar os coentros (sejam generosos!!) e servir!

IMGP0002

E uma sugestão musical para hoje: http://www.youtube.com/watch?v=H997IZkkO4Y

Well I’m on my way
I don’t know where I’m going
I’m on my way I’m taking my time
But I don’t know where

Bem-vido à família, Bulgur!

Bem-vido à família, Bulgur!

Já andava com o bulgur debaixo do olho há algum tempo e, finalmente, a semana passada convidei-o para vir fazer companhia aos restantes habitantes da minha pequena dispensa. Ofereço-lhe um belo lugar na prateleira e em troca recebo uma dose extra de magnésio com pouca gordura associada.
As combinações cá por casa são feitas tendo em conta aquilo que há no frigorífico e, depois, pondo a imaginação a trabalhar. Desta vez, ao bulgur juntaram-se a courgette, nozes tostadas e queijo feta. Para fazer sobressair os sabores: concentrado de tomate e pimenta.
Comecei por preparar o bulgur (basicamente: levar ao lume até evaporar, com o dobro da água em relação ao bulgur). Paralelamente fiz um refogado com cebola, temperei com pimenta e quando já estava a ficar mais amolecida juntei o concentrado de tomate. De seguida adicionei a courgette cortada em quartos e salteei ligeiramente, envolvendo na base de cebola e tomate. Juntei o bulgur e deixei absorver rapidamente os sabores. Antes de servir polvilhei com as nozes tostadas e o queijo feta.

Bon Appétit! 🙂